9 de jul de 2010

Salada de arroz 7 grãos com filé de Saint Peter grelhado

Meu maridão está em tempos de "reeducação alimentar", então preciso ajudá-lo com comidinhas gostosas, mas leves e saudáveis, e a combinação ficou perfeita! Em outros tempos ele "jamais" iria gostar deste tipo de salada, mas agora - que ele colocou os preconceitos para correr - ele: a-d-o-r-o-u!!!! E eu fiquei muito feliz! Bom, se você também for preconceituoso com comidinhas integrais, prove esta delicia, e deixe os seus preconceitos no lixo. Aliás, nos tempos em que vivemos, a única coisa que deve ir pro lixo bem rapidinho é o preconceito! Temos que nos abrir para as coisas novas. Deus tem sempre algo novo pra nós! Conheço pessoas que sofrem diariamente pelo simples fato de terem preconceitos com o evangelho, estas pessoas não entram em uma Igreja por puro preconceito, acham que todo ministro do evangelho é "ladrão" por puro preconceito, e pensam que Igreja é lugar de gente burra, mal vestida, fedida, paupérrima, sem cultura... e tudo isto é puro preconceito. Enquanto estas pessoas se enchem de preconceitos, os que eles chamam de: ladrões, burros, fedidos e pobres, na verdade são pessoas abençoadas, felizes, que vivem em paz, curados, restaurados, ricos da presença e da bondade de Deus, lavados pelo sangue de Jesus, e purificados por seu sacrifício na cruz! Desarme-se hoje!!! Jogue o preconceito no lixo e medite no que a Bíblia diz em João 3:16 á 21: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.
E agora vamos a receita! sem preconceitos ok? :)

Salada 7 grãos:
  1. 1 xícara (chá) de arroz integral "7 grãos" cozido em água com sal e escorrido, e frio
  2. 1 pacote de 150 grs. de mussarela de bufala cortado em fatias
  3. 02 tomates picados (sem pele e sem sementes)
  4. 1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes sem caroço
  5. 1/2 xícara (chá) de uvas passas (deixar de molho em água morna para amaciarem)
  6. 01 maço de mini rúcula (lavado e picado grosseiramente com as mãos)
  7. 1/2 xícara (chá) de nozes picadas (você pode substituir as nozes por pistache, fica igualmente delicioso)
  8. cebola, salsinha picadinha, sal e azeite á gosto, e suco de 1 laranja espremida - para temperar.
  9. 04 filés de Saint peter temperados com limão, alho espremido e sal
Preparo:
Numa tigela misture o arroz integral de 7 grãos (já cozido, escorrido e frio), com a mussarela, os tomates, azeitonas, uvas passas, nozes, a rúcula, e os temperos, misture bem incorporando todos os ingredientes, reserve.
Numa frigideira própria para grelhar, unte-a com um pouco de azeite, e vá grelhando os filés de Saint peter em fogo baixo em ambos os lados até ficarem bem douradinhos.
Sirva um filé, com uma porção generosa da salada.
Rende 4 porções bem servidas!

Arroz doce com toque cítrico

Alguns prazeres são tão simples e baratos que muitas vezes acabamos por nos "esquecer" deles. Fazia muito tempo que eu não fazia um arroz doce, mas nestes dias "juninos" me deu uma vontade louca de comer um bem quentinho e cheirando a canela! E o melhor de tudo é que foi super simples de fazer, e mais simples ainda de devora-lo. Bom, pensando nisto... comecei a me lembrar da simplicidade que é o evangelho, e de como os Cristãos fazem questão de complicá-lo. Tenho visto muitos cristãos agirem de acordo com "o que melhor convém" no momento. Outros andando por "aparência", iludindo-se com o que "parece ser bom", mas... como já dizem por ai há muito tempo: As aparências enganam! Nem sempre o belo, o de marca, o que parece ser rico, é o bom. Há muitas riquezas nos simples e humildes de coração, pois eles são como o Mestre - Jesus! Um dia fui numa "doceria", um lugarzinho que eu amoooo ir, sempre que vou lá como o mesmo doce, camafeu de nozes! Hummm, mas neste dia eu escolhi um diferente, o doce era "muito bonito", mas quando comi o gosto era horrível, seco, gorduroso, enfim... Me enganei por sua bela aparência! E acabei pedindo um camafeu de nozes, pois não podia sair de lá sem devorar um bem delicioso!
A mensagem que quero deixar pra você hoje juntamente com esta receitinha, é que você não deve desprezar as coisas simples da vida, e nem tampouco a simplicidade do evangelho, viva cada dia com o desejo de cumprir o chamado de Deus para tua vida, ainda que seja um pequeno gesto como dizer: Deus te abençoe! para a caixa do supermercado, pode ser que este gesto tão singelo, mas mui poderoso mude a vida dela!
Bom, o arroz doce da foto estava muito bom (modéstia bem a parte!), e matei a minha vontade de comer esta delicia simplinha de tudo! :)
Vamos á receita:

Ingredientes (para 10 porções):
  • 1 1/2 medida de arroz
  • 1 lt. de água
  • cravo e canela em pau á gosto
  • 1 vidro de leite de coco light
  • 1 lata de leite condensado (pode ser o light também)
  • 1 caixinha de creme de leite (se preferir pode substituir pelo de soja)
  • raspas da casca de 1 laranja
  • canela em pó a gosto
Modo de Preparo:
Numa panela, coloque o arroz, a água, o cravo e a canela, e deixe cozinhar bem em fogo baixo até o arroz ficar bem macio (á água vai quase secar). Em seguida, acrescente o leite de coco e o leite condensado, as raspas da laranja e deixe apurar um pouco, acrescente o creme de leite, incorpore bem e apague o fogo. Transfira para um bonito refratário, e salpique canela em pó á gosto. E bon apetit!

Obs.: Apesar de não levar açúcar o doce fica por conta do leite condensado, ele fica bem caudulento, mas depois de esfriar um pouco ele engrossa, porisso não deixe engrossar muito o caldo. Pode ser servido quente ou frio, eu gosto quentinho, mas meu maridão adora comer bem geladinho!