22 de jun de 2017

Canjica (ou Munguzá - Nordeste)



Deliciosa iguaria tipicamente brasileira e muito consumida nas festas de Junho e Julho. A canjica (grão de milho branco), ou no nordeste conhecida por Mugunzá, é uma deliciosa opção para os dias de inverno ao ser consumida quente. Mas, pode ser consumida durante todo o ano em temperatura ambiente ou gelada. 

É saborosa, saudável, fonte de fibras, energia, mas... calórica! Precisa ser consumida com moderação. Antigamente acreditava-se que as mulheres logo após o parto, deveriam comer a canjica para que o leite “descesse”. 

Os médicos dizem que é mito, mas com certeza qualquer mãezinha iria amar em seu período pós parto comer algo tão gostoso e reconfortante.
Ela pode ser feita a base de leite, ou acrescentando outros ingredientes, como côco ralado, amendoim torrado, paçoca, doce de leite, raspas de laranja ou limão, especiarias e frutos secos.

Neste post você vai aprender a fazer a canjica e suas variações de sabores, aproveite teste os sabores, e delicie-se com esta iguaria da nossa culinária regional!


Ingredientes da base:

  • 1 pacote de milho de canjica – 500 grs
  • 1 ½ litro de água quente



Preparo da base:

Ingredientes Canjica aos 3 leites:

  • 1 pacote (500 grs.) de canjica já cozida
  • 500 ml. de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 vidro de leite de côco (se não gostar não precisa ser usado, neste caso use mais leite, ou ainda uma lata de creme de leite com soro)



Açúcar à gosto (Por causa do leite condensado, a receita já ficará docinha, mas se você gostar acrescente um pouco mais de açúcar – sugiro colocar uma xícara, e ir provando o sabor, e se necessário ir acrescentando mais aos poucos, caso adoce muito ela ficará enjoativa, mas você poderá “suavizar” este açúcar excedente colocando mais leite ou leite de côco). 






Variações: 
(Acrescente aos Ingredientes listados acima, a sua variação preferida)

Canjica de Coco: Acrescente um pacote de côco ralado (100 ou 50 grs.), pode ser também coco fresco ralado na hora ao final do preparo de sua canjica.

Canjica de amendoim: Acrescente 1 ½ à 2 xícaras de amendoim torrado e triturado (grosso), sempre após finalizar o cozimento e com o fogo já desligado. O amendoim tende a “murchar” depois de um tempo, por isso nesta preparação é bom coar o amendoim apenas na hora de comer. Para dar aquela “crocância” gostosa.

Canjica de Paçoca: Acrescente paçoquinhas esfareladas na canjica já pronta. Sugiro uma xícara (de chá), mas faça a seu gosto, colocando mais ou menos quantidade de paçoca.

Canjica com doce de leite: Não coloque açúcar no preparo, e ao final acrescente uma xícara de doce de leite, mexa até incorporar bem, e sirva.

Canjica perfumada: Use as raspas de limão ou laranja para “perfumar” a sua canjica.

Canjica de frutos secos: Assim como o amendoim, você pode usar a noz de sua preferencia na canjica. (nozes, amêndoas, castanha de caju, castanha do Pará, etc.). De preferencia de uma leve “torrada” nas mesmas e use as sempre ao final das preparações. 1 xícara (de chá) é uma boa medida para esta quantidade de canjica.

Temperos/Especiarias:
Raspas de casca de uma laranja (sem a parte branca), ou de limão
Cravo, canela em pau e em pó, (e se gostar nóz moscada ralada)